Já está na altura de partilharmos convosco quem são as pessoas deste Projecto. Dos sócios aos colaboradores externos.
Agora, vamos apresentar-vos quem estará, sempre, no Tout Feu Tout Flamme.

O projecto partiu de duas pessoas: Nuno Ferreira e Ghislaine Franco.

Decidimos, por isso, fazer-lhes três perguntas “do nada” 🙂
Hoje, fica aqui uma dessas perguntas e as respostas para conhecerem melhor o projecto.

1) Porquê TFTF? De onde a ideia de um projecto assim?

Ghislaine

Ghislaine

Ghislaine: TFTF… tudo gira à volta da Flammekueche… feu… o fogo do forno de lenha onde é cozida pelas chamas… flamme…
Pretende-se romper com uma visão tradicional da restauração, apresentar novos sabores, inovar, com valor, oferecer o sofisticado, mas acolhedor, fresco e quente, contrastes atractivos, gosto e dinamismo! Tout Feu Tout Flamme é desenvolver e acreditar neste projecto sempre com bastante entusiasmo! TFTF…

A ideia veio… France, Paris, Champs Elysées… curioso, mas foi nesse local emblemático que foram levados os meus sentidos para a descoberta de uma tradição alsaciana… apaixonei-me… partilhei-a com a pessoa certa para ser a inspiração de um projecto do qual orgulho-me de fazer parte. Espero que as pessoas também descubram, apaixonem-se, partilhem e inspirem-se tal como nós…

 

Nuno

Nuno

Nuno: O projecto na área da restauração é um dos meus sonhos, e após o primeiro contacto com a cozinha Alsaciana, nomeadamente a Flammekueche, disse a mim mesmo..This is it!!..a partir daí foi trabalhar no projecto, e em meados de Junho de 2008 fiz um convite à Ghislaine para embarcar nesta nova aventura.. O baptismo TFTF aparece de uma forma engraçada, logo de início a Ghis associou a expressão “Tout Feu Tout Flamme” à Flammekuche, tem muito haver com a tradição que envolve o processo culinário da Flamme, que é muito simples..mas apaixonante!! Depois disso sugeri que essa expressão (Tout Feu Tout Flamme) fosse o nome do projecto, e posteriormente aquando escolha do nome da empresa pensei..”TFTF”..Why not?!..A Ghis achou ideia engraçada e pronto..”TFTF”…

 

Daqui a uns dias, passem cá para ver a resposta a mais duas perguntas: com que música o novo espaço se identifica? E que características unem a personalidade dos dois sócios ao restaurante?

Any guesses?

Anúncios

Pois é, amigos, por aqui muito se faz… Os preparativos para a abertura do espaço estão em grande e em força… Não imaginam o desafio que é abrir um restaurante em Lisboa! Mas é apaixonante e todos estamos a abraçar as nossas tarefas. Todos?… Muito brevemente vamos mostrar-vos quem são…

Entretanto, já estamos a preparar a “obra” literal e metaforicamente: desde o caderno de encargos às entrevistas de emprego (anyone interested?).

TFT criaçãoA comunicação também tem sido uma preocupação: do design da nossa marca às fardas, passando por este Blog, claro. Sempre reunindo com toda a equipa: na terça-feira passada fizemos um Brainstorming com o Staff, no restaurante Rubro, no Campo Pequeno. Enquanto o nosso não abre, aproveitem e vão lá provar as tapas fantásticas, o vinho e claro, o ambiente 🙂

São mil e um preparativos…
Mas como a vida também tem as suas surpresas, temos um desafio para todos. O nosso espaço vai ter uma componente cultural, um espaço de ligação entre a cozinha, o vinho, a música e toda a Cultura. Por isso, estamos à procura de talentos. Em parceria com a Ice Eventos, estamos à procura de novos e conhecidos grupos musicais, dj´s, escritores, artistas plásticos… Se conheces alguém ou és um dos que se enquadram neste perfil, ficamos à espera 🙂

O prometido é devido! Aqui estão finalmente as fotos da nossa warm-up party Tout Feu Tout Flamme, que organizámos no nosso futuro espaço, nos Terraços de Bragança, no Chiado (Lisboa).

Enjoy!

Tout Flamme Tout Feu - Warm-up1

Tout Flamme Tout Feu - Warm-up1

 

Ena Tantos!...

Ena Tantos!...

E mais uns...

E mais uns...

Outros!

A festa foi... em concorrida :-)

A festa foi... bem concorrida 🙂

 

Mais uns

 

Fim de FestaGhis e Laranja

Claro que a nossa receita é secreta, mas aqui está, como prometido, uma receita para aguçar o apetite aos mais curiosos e uma foto exclusiva da nossa warm-up. Ainda este fim de semana vão ter mais 🙂

Vamos ao que interesa, a Tarte Flambée pode ser feita com:

Em breve, mais ....

Ingredientes:

Massa de Pão (500 g)
2 Cebolas grandes cortadas em rodelas
40 cl de Natas frescas e/ou “Fromage Blanc” (sorry guys, “fromage blanc” é mesmo intraduzível)
60 g de bacon aos bocadinhos (do melhor)
1 colher de óleo de colza
Sal, noz moscada e pimenta

Primeiro estende-se a massa do pão numa placa de forno ou, idealmente, numa pá de padeiro. Depois cobre-se com as cebolas, o bacon e as natas/Fromage Blanc condimentados.
Rega-se com o óleo de Colza e vai ao forno muito quente. Se possível, em forno aberto (os antigos fornos de pão…) de forma a que as chamas “flamem” a tarte.
Come-se muito quente!

Boa Páscoa 🙂

É tudo uma questão de palavras…
O significado é o mesmo: o de um projecto que vai aparecer, em breve, em Lisboa. E sim, alguns chamam-lhe restaurante. Nós, por agora, preferimos dar-lhe o nome de espaço para ter uma experiência dos cinco sentidos – porque a cozinha alsaciana é mesmo assim.

TFTF é um projecto novo – uma nova empresa que constituímos – Tout Feu tout Flamme. Porque é mesmo assim… Em francês, être tout feu tout flamme significa ser entusiasta. E é com esse entusiasmo que vamos viver um novo espaço em Lisboa.

Cartaz do Filme Tout Feu tout Flamme

Para os que não conhecem (ou para aqueles que querem rever), aproveitem e dêem uma espreitadela ao filme francês Tout Feu Tout Flamme com Yves Montand e Isabelle Adjani.

Mas, então, por quê a inversão das palavras no Blog Tout Flamme tout Feu?

Simplesmente, porque nos apeteceu e porque, qualquer dia, vai existir mais do que um Blog. E, então, irão conhecer o site… do… isso do nome, fica para depois 🙂

Depois de uma Festa fantástica, vamos continuar com novidades! Em breve, aqui, uma receita da nossa especialidade…