As Nossas Escolhas…

Julho 23, 2009

 

Nós por aqui continuamos a todo o “vapor”. As obras avançam a um bom ritmo.

 

 

 

Enquanto isso a equipa da TFTF não pára e empenha-se na escolha do material de suporte até ao ínfimo pormenor. Sim, porque o bem estar dos nossos clientes vem sempre em primeiro lugar.

 

Ora são os inúmeros pratos, (pois uma obra de arte deve ser sempre apresentada de forma adequada), ora são os copos, ora os talheres, uma escolha nada fácil, já para não falar das cadeiras,  mesas ,etc…..

  

 

Tudo pensado ao pormenor para que o novo espaço da Rua do Alecrim seja o Vosso espaço!!!

 

 

 

Entretanto o nosso site já tem a “front page”……está fantástica!!!

E por fim, esperamos que tenham umas férias maravilhosas, enquanto a equipa da TFTF continua a  avançar cheia de força.

Anúncios

“Já começaram…”

Julho 14, 2009

 

As obras no novo espaço, de gastronomia Alsaciana na Rua do Alecrim  em pleno “coração” do Chiado, já  arrancaram!!!

 

 

 

Após consulta pública, a escolha recaiu na empresa Newapart, que se encontra responsável pela obra e por colocar em prática todo um trabalho de arquitectura, engenharia, decoração e de design. Contamos, assim, com o empenho desta equipa e de todos os envolvidos  directamente e indirectamente no projecto.

 

 

Agora… mãos à obra e bom trabalho!

   "A maravilhosa cidade da Alsácia...Strasbourg!!"

"A maravilhosa cidade da Alsácia...Strasbourg!!"

 A TFTF deslocou-se a Strasbourg, o “coração” da Alsácia para mais um momento de inspiração.

Deliciando-se com a sua gastronomia, a cozinha Alsaciana proporciona momentos inesquecíveis num clima agradável e descontraído.

Enquanto o nosso restaurante não abre, a TFTF sugere uma ida entre outros ao “Chez Ivone”, “Le Flam´s” e “Le Clou”. Aqui podem saborear algumas das iguarias da região, sempre  bem acompanhados pelos famosos  vinhos e cervejas da Alsácia.

Aqui vai uma selecção do Chef  Ricardo Peinado…

Terrina de “Fois Gras” de ganso e chocolate com chutney de figo

Terrina de “Fois Gras” de ganso e chocolate com chutney de figo

Para começar uma salada Alsaciana de salsicha “Cervela”, queijo “Gruyère” e endívias ou terrina de “Fois Gras” de ganso e chocolate com chutney de figo.

Como prato principal de peixe um cherne escalfado em vinho tinto da Alsácia e sua “beurre rouge” acompanhado com puré de espinafres. Se preferirem prato de carne, um carré de borrego da Alsácia com crosta de chalotas e seu jus de tomilho, polenta e choucroute.

E para terminar uma tarte flambées de diversas frutas ou sabayon de Gewürztraminer e uvas.

Nuno Ferreira e o Chef Ricardo Peinado

Nuno Ferreira e o Chef Ricardo Peinado

 

 

E claro..um brinde ao sucesso da TFTF!!!!

Chef Ricardo Peinado

Chef Ricardo Peinado

 Finalmente, o nome do nosso chef: Ricardo Peinado.

Uma descrição by himself:

Eu sou o chef Ricardo Peinado e tenho 26 anos.

Aos meus 8 anos os meus pais imigraram para a Suíça e levaram-me junto com os meus 3 irmãos. Vivia numa pequena freguesia com 3500 habitantes chamada Aadorf que se localiza no cantão de Thurgau na parte alemã. Estudei em Aadorf até ao 9º ano, depois formei-me em Zurique na Escola Superior de Hotelaria de Zurique “Belvoipark”.

O Belvoirpark está entre as melhores escolas hoteleiras do mundo. Durante os primeiros dois anos, aprendi a servir à mesa, aprendi muito sobre vinhos e como lidar com os clientes nas mais variadas situações. Nos dois anos seguintes estudei cozinha francesa, passei por todos os postos da cozinha como o Garde-manger, Entremêtier, Saucier e Patissier.
Enquanto eu terminava a minha formação a minha família decidiu voltar para Portugal e eu ainda fiquei até acabar o curso. Em 2005 também voltei para Portugal e fui viver durante 3 anos para o Algarve onde trabalhei no Restaurante “O País” na Marina de Albufeira e no Hotel Vila Vita Park em Alporchinhos.
De volta a Lisboa, mandei o meu curriculum para o TFTF porque procuravam um chefe de cozinha com conhecimentos na cozinha francesa. Fui a uma entrevista de trabalho onde me foi mostrado o projecto. Gostei da ideia e do desafio de elaborar pratos alsacianos no centro de Lisboa, e assim foi.

Estou muito motivado com este projecto e mal posso esperar por mandar a primeira “Flamküeche”.

Flammkueche em Tábua

Flammekueche em Tábua

Pois é, isto de tábuas tem muito que se lhe diga…

No caso das Flammekueche, elas são imprescindíveis.

Que faríamos nós sem a tábua com que levamos as Flammes ainda só Kueches ao forno? E como poderíamos apresentá-las à mesa de outra forma?

Tipicamente a Flammekueche ou Tarte Flambée é apresentada em tábua de madeira, simples, rasa…

Claro que nós tivemos de inovar um pouco e criámos uma Tábua única, do nosso restaurante. Ainda em fase de produção, o Terrence Hill, nosso designer industrial, descreve-a como “elegante, linda de morrer e completa”

Mais tentador, só a flamme que está por cima dela…

Muito trabalho, muitas noites, e ideias a surgir.

Uma primeira palavra (ou imagem) da Cria + , os nossos arquitectos, para o nosso blog.

Arquitectos Cria Mais

Pois é, desta vez não é vídeo, não é texto, nem fotografia.

Pedimos ao nosso designer Azedissimo que se descrevesse a si próprio. Abaixo está o resultado. A criatividade da TFTF salta à vista, não acham? Não se assustem o restaurante e as nossas flammes serão um pouco mais coloridas 🙂

O nosso designer

O nosso designer

Eis senão quando… a equipa do TFTF quase está completa e reúne-se no Rubro.

Equipa no Rubro

Equipa no Rubro

Reconhecem alguém na foto?

Ele é conversa, ele é música… tudo para acertar os mais ínfimos pormenores, da decoração, à música, passando, claro, pela Cozinha. Aproveitem e dêem uma olhadela ao vídeo. 🙂

A questão era: que música para o nosso restaurante em Lisboa? Vejam no que deu: http://www.youtube.com/watch?v=PaACuXc12zU

Entretanto, temos uma novidade oficial: o estilista das nossas fardas está escolhido! É o Nuno Tiago que nos fez uma proposta fantástica. Em breve, vamos poder mostrar-vos o seu trabalho.

A vez da Aline, no TFTF

Maio 13, 2009

Depois do Nuno e da Ghislaine, chegou a vez de conhecerem a Aline, nossa consultora de recursos humanos. Tem sido uma preciosa ajuda na procura e na escolha de toda a equipa do novo espaço.

A "nossa" Aline

A "nossa" Aline

Por isso, nada melhor do que perguntar-lhe o que para ela, é, de facto, esta Flamme que nos une a todos.

O que será o projecto daqui a uns meses?

Responde a Aline, “vejo-o claramente como um projecto singular. Diferente, inovador, com ritmo e energia. Acredito que vá marcar a “pausa” no espaço de restauração lisboeta.
Daqui a 6 meses (e é para isso agora que ando à caça de pessoas originais!) espero que tenhamos uma equipa diferente, polivalente e que reflicta o conceito que estamos a criar! Que o TFTF seja um spot de passagem quase obrigatória, na qual se encontre um serviço de excelência aliado a um clima descontraído e moderno.”

Tentador, não é? 🙂

Pois é, a nossa entrevista aos sócios da Tout Feu tout Flamme não ficou por aqui 🙂

Sabiam que a TFTF vai ter uma composição musical própria?

Nas palavras do Nuno, “Lancei um desafio ao nosso Gerente de noite, que para além de ser uma pessoa fantástica é também um artista dos “sete ofícios”, que compusesse uma música para a nossa “Brand” (já não falta muito para divulgar…)…O mesmo aceitou o desafio, e assim vamos ter a nossa canção!!!!”

Já para a Ghis, “Nomear uma música é difícil e já pertenceria a outros lugares. A Música seria instrumental… com um misto de sonoridades à imagem do misto de culturas que o espaço vai transpirar, sentidos alsacianos em harmonia com lusitanos… palavras, letra, surgiria “au fil du temps” “conforme ele próprio for escrevendo a sua história através das marcas que as pessoas irão lá deixar… este espaço é para as pessoas, elas é que o vão definir.”

Já agora, coisas mais “terra a terra” para saberem como corre o projecto: a TFTF foi ao Brasil, nomeadamente São Paulo e Florianopólis, para começar a estabelecer algumas parcerias e arranjar contactos no mundo cultural. Temos já 2 bandas brasileiras que ficaram entusiasmadas com o nosso projecto e que gostariam de actuar no nosso futuro espaço!

Mais curiosos ainda? Então, força, façam as vossas perguntas, que nós, garantidamente, respondemos! Ficamos à espera!